Espiritualidade

1-Já pratiquei superstição ou ocultismo? Acredito sem hesitação nos ensinamentos da Igreja sem criticar seus pastores? Recebi a Comunhão em pecado mortal? Recebi a Confirmação ou o Casamento em pecado mortal? Jurei desnecessariamente ou falsamente? Eu menti ou omiti algum pecado mortal do sacerdote na Confissão? Profanei o Templo, os objetos ou as...

Desde o Concílio Vaticano II, a religiosidade popular tem sido promovida e até exaltada como expressão legítima da fé nos leigos. E é claro que não se pode, nem se deve, negar ou fazer uma alteração total de tal realidade e efeitos espirituais positivos para as almas; almas que, talvez por esse meio, tenham sido integradas à vida sacramental...

Sua extraordinária vida comprova que a heroicidade na prática da virtude pode chegar a suprir a ciência humana. Isso explica o aparente paradoxo de sua biografia, mostrando como a alta sabedoria de um taumaturgo analfabeto o tornou conselheiro de Papas e Reis. Sua festa litúrgica é celebrada no dia 2 de abril.

Mais um ano no mês de Maria Santíssima e em plena Páscoa: o escárnio de Jesus que se repete e já se tornou um tremendo ciclo crónico nas nossas comunidades paroquiais: as "primeiras" comunhões. Um sinal representativo da falsidade que se vive internamente em nossa Igreja Católica, cuja hierarquia endossa, em sua maioria, esse infame abuso do...

Segundo o padre Amorth, nos exorcismos, os demônios confessam que tudo o que é tatuado é consagrado a Satanás.

Os fiéis mais instruídos que assistem à Missa dominical expressam, com todo o respeito e ao mesmo tempo com toda a sinceridade, quão vazia de conteúdo é a grande maioria das homilias proferidas pelos sacerdotes, especialmente desde que a nova teologia conciliar se tornou forte em nossa Igreja.

Ao longo de seus dois milênios de existência (ou mais alguns, se contarmos, em linhas gerais, o povo de Israel), a Igreja conheceu todos os tipos de perseguições. Lembro-me da impressão que me causou a Basílica de Santo Stefano Rotondo, em Roma, que mostra em suas paredes circulares afresco após afresco cenas dos terríveis martírios sofridos pelos...

Mais de uma vez me deparei com o personagem clássico que, por não acreditar, sequer acredita no pecado original e, não contente com ele, insiste em negá-lo a ponto de considerá-lo um absurdo, uma piada ou algo pior.

Leia também

Um bispo anglicano, referindo-se ao protestantismo, disse que ele consiste em acreditar em tudo o que você quer e fazer tudo o que você acredita. O protestantismo aceita essa afirmação sem surpresa, porque é a realidade de sua doutrina. Ele não sabe indicar o que é necessário para ser cristão, aliás, sustenta que é inútil saber. Não tem símbolo...

Um padre me disse que depois do Concílio essas coisas, água benta e assim por diante, não fazem sentido.
Dizei-lhe que leia a Constituição Sacrosanctum Concilium (60-61) do Vaticano II e que nos explique como o Concílio, que louva os sacramentais, pode ser desprezado e desaparecido.

Queridos irmãos e irmãs, o que havia no tempo dos apóstolos? Pastores, dispersos ou reunidos em concílios, que ensinavam os fiéis, resolviam questões que surgiam, repreendiam os que erravam e separavam os que persistiam no erro. Havia fiéis que eram guiados e ensinados por seus pastores, que neles ouviam Jesus – qui vos auidit, me audit – que...