A armadilha do Halloween

28/10/2023

Depois de vários anos discutindo com minha filha mais velha devido a todos em sua classe comemorando o Halloween. Hoje eu não conseguia me controlar. Este artigo vai para o grupo de pais da escola, não importa o que aconteça.

Desde o final de setembro, não é possível entrar em um shopping, uma loja ou um supermercado sem encontrar o rosto de uma bruxa, uma abóbora ou um fantasma. O Halloween é um dos feriados mais lucrativos que existem. Tem que comprar enfeites, doces, fantasias... É a grande celebração do ano. Aos poucos, vai ganhando popularidade e está perigosamente perto do top 1, competindo com a festa de Réveillon.

Mas por que comemoramos? O que importa para nós o fim da colheita dos celtas há 2000 anos? O que temos a ver com Samhain? Absolutamente nada. Os celtas acreditavam que durante esse dia os espíritos dos mortos retornariam à Terra e se disfarçariam para afastar os espíritos malignos.

Se nós, espanhóis, acreditássemos nisso, naquele dia haveria filas quilométricas em confessionários por toda a Espanha. E estaríamos todos pingando água benta e com cruzes de prata como escudo. Porque é isso que somos. Viva a vida, até que "nos cheguemos vivos e choremos".

A realidade é que não temos ideia do porquê comemoramos. Nem sabemos o que estamos comemorando. É divertido, você se veste, bebe e se diverte. Fantástico!! Você pode fazer isso qualquer sábado, subnormal.

Mas não há nada de divertido em comemorar assim e se vestir de coisas ruins, flertando com o mal e o sobrenatural. Há criancinhas vestidas de demônios. Não vejo sentido em brincar com o que você não entende.

Nossa tradição é muito mais bonita e muito mais alegre do que tudo isso. Na Espanha, o Dia de Todos os Santos e o Dia de Finados sempre foram celebrados.

O Dia de Todos os Santos é comemorado em 1º de novembro. Um dia em que perdemos a oportunidade de os nossos filhos olharem para João Paulo II, Teresa de Calcutá ou Francisco de Assis. Em vez de promover o desejo de ser como eles e se vestir como esses personagens heroicos e incentivá-los a seguir seu exemplo, nós os disfarçamos como demônios, bruxas ou fantasmas. Corajoso!! Aplaudo-vos.

No dia 2 de novembro comemoramos o Dia de Finados. Tradicionalmente, é o dia de ir aos cemitérios para orar por nossos mortos, porque eles precisam de nossas orações para poder ir para o céu se ainda estiverem no purgatório. Nem quero pensar na raiva monumental de nossos avós no purgatório quando andamos pelas ruas por horas com o Homem-Aranha pela mão procurando doces, mas somos incapazes de nos aproximar de seu túmulo e rezar um mistério do terço. Eu ficaria super irritado. Suponho que foi isso que os celtas quiseram dizer quando disseram que os espíritos desceram à Terra. Se pudesse, meu avô descia e nos dava uns rabos de porco.

Não se deixe enganar. (Fonte: InfoVaticana)

1-Já pratiquei superstição ou ocultismo? Acredito sem hesitação nos ensinamentos da Igreja sem criticar seus pastores? Recebi a Comunhão em pecado mortal? Recebi a Confirmação ou o Casamento em pecado mortal? Jurei desnecessariamente ou falsamente? Eu menti ou omiti algum pecado mortal do sacerdote na Confissão? Profanei o Templo, os objetos ou as...

Desde o Concílio Vaticano II, a religiosidade popular tem sido promovida e até exaltada como expressão legítima da fé nos leigos. E é claro que não se pode, nem se deve, negar ou fazer uma alteração total de tal realidade e efeitos espirituais positivos para as almas; almas que, talvez por esse meio, tenham sido integradas à vida sacramental...