Absurdo; bispo nega comunhão na boca a uma menina em seu dia de Crisma

09/08/2023
Foto: vídeo da Internet
Foto: vídeo da Internet

Dom Joaquim Mol, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, desrespeitou totalmente as normas da Igreja Católica ao negar a comunhão na boca e de joelhos, a uma jovem em sua missa de Crisma.

O fato ocorreu na capital mineira, na paróquia de Santa Maria Estrela da Manhã no dia 05 deste mês.

Além do ocorrido ser totalmente contra as normas da Igreja, é também um grande desrespeito à própria menina comungante, que não esperava nem merecia um ato deste, vindo de um bispo em um dia tão importante de sua vida.

A ocorrência é ainda mais irregular pelo fato de na ocasião a hóstia consagrada ser em duas espécies, ou seja, molhada no vinho, ser entregue na mão aos participantes. Pois como se sabe, quando a comunhão é das duas espécies, tem que ser na boca pois não se pode imaginar as pessoas pegando em hóstias molhadas no vinho, sem que parte deste não fique impregnado em suas mãos.

A menina ter se ajoelhado, foi o ponto de discórdia do bispo que é adepto da teologia da libertação já condenada pela Igreja, além é claro, de ser adepto dessas teorias modernistas que lutam contra o tradicionalismo católico.

Além de ser contra os mandamentos da Igreja, é também uma afronta aos tradicionalistas que fazem questão de receber a eucaristia na forma tradicional. Um desrespeito a quem quer seguir os verdadeiros ensinamentos dos apóstolos.

O bispo, apresentou uma defesa esfarrapada, utilizando a pandemia como desculpa, num momento em que ninguém fala mais nem sofre mais da referida doença:

"[...] Desde os primeiros sinais de pandemia, evito dar Comunhão na boca, por respeito e cuidado com a própria pessoa que comunga", disse o Bispo em esclarecimento sobre o ocorrido.

Por fim, a menina recebeu a Comunhão de outro padre, mas certamente nunca esquecerá aquele dia.

O assunto repercutiu com muita força nas redes sociais, diante da indignação das pessoas pelo ocorrido e chegou mesmo aos meios de informações católicas do exterior.

A Igreja é muito clara ao afirmar que ninguém pode ser privado da Comunhão, exceto em dois casos: 1) Pecado público por parte do fiel ou 2) risco de profanação do Corpo de Cristo, que pode ser levado para a realização de rituais satânicos ou pagãos.

Quem pensava que escândalos vindos da parte de bispos só vinham no momento da Alemanha e do Vaticano, pode ter certeza que por aqui há muitos escândalos, alguns ainda piores dos que vem de fora.

Por incrível que pareça; aqui fazemos uma previsão sem medo de errar, este bispo muito em breve vai se tornar cardeal, pois ele age bem ao gosto da Cúria Romana, onde o tradicionalismo da Igreja não tem nenhum valor, pois a todo custo, desejam criar uma igreja agradável ao mundo, longe dos mandamentos de Jesus e dos ensinamentos dos apóstolos. (Redação "Vida e Fé Católica")  

Um bispo anglicano, referindo-se ao protestantismo, disse que ele consiste em acreditar em tudo o que você quer e fazer tudo o que você acredita. O protestantismo aceita essa afirmação sem surpresa, porque é a realidade de sua doutrina. Ele não sabe indicar o que é necessário para ser cristão, aliás, sustenta que é inútil saber. Não tem símbolo...